“Requiro”, não! Requeiro

“A ser verdade que o senhor J.S, ex-presidente da CML, possa ser testemunha deste processo, e se tal me for admissível por lei, requiro desde já que me seja efectuada uma acareação […]” (DN 8/OUT/08, p. 17, negrito nosso)

Trata-se aqui de um erro que tem a ver com os verbos irregulares, que o leitor pode encontrar em qualquer gramática (fiável, pois claro!).

Pode o perspicaz leitor perguntar: se ‘requerer’ pode ser considerado derivado por prefixação de ‘querer’, então a 1ª pessoa do presente do indicativo não deveria ser ‘requero’?… Pois, o leitor pergunta se não ‘deveria’ e eu, garantidamente, só posso dizer que não deve. Não deve porquê? Porque a norma, fixada pelos mestres e registada nas boas gramáticas, manda que o presente do indicativo do verbo ‘requerer’ (irregular) seja: eu requeiro, tu requeres, ele requer, nós requeremos, vós requereis, eles requerem. O realçado quer dizer, aqui, que, neste tempo verbal, a primeira pessoa é a única forma irregular. E terá alguma explicação, isso? Eu acho que sim. Vejam

Rigorosamente, não se pode dizer que o verbo ‘requerer’ seja derivado do nosso ‘querer’, pois terá vindo directamente do correspondente latino requiro, requirere, que, no latim vulgar, seria requaerere, mas que, mesmo no latim vulgar, não deixou de ser influenciado pela forma do latim clássico requiro (com o ‘i’ longo, por se tratar de desditongação: ditongo, por natureza longo, dá vogal longa). E vogal longa, na evolução, deixa sempre influência. Estão a ver: quando o falante disse, erradamente, ‘requiro’, se calhar com uns conhecimentos remanescentes de latim, lembrou-se do requiro clássico, que o levou para a incorrecção. Mas, também digo, incorrecção porque os eruditos da língua, certamente com fundamentos pesquisados no processo evolutivo, assim convencionaram: requeiro, pois.

2 Respostas

  1. Eu estava na dúvida.. excelente explicação!

  2. Adorei o blog, muito interessante o artigo. Um pouco de cultura nunca é demais.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: