25 de Abril – contradições do processo semântico: significado vs. referente

O referente, claro, é o 25 de Abril que houve. O significante: o 25 de Abril que toda a gente diz/escreve. E o significado? Será, ainda, o significado, primordial, deste referente: liberdade, democracia, bem-estar social e laboral? Vejamos/ouçamos.
Quando já lá vão 34 anos (!), “Portugal com recorde de trabalho precário – 873 mil trabalhadores têm vínculos de trabalho precários: contrato a termo e falsos recibos verdes” (DN, 20 de Abril de 2008, 1ªpágina, remetendo para “Economia”, págs. 44 e 45).
Festeja-se a data na Assembleia da República. Os discursos dos partidos de Esquerda projectam com grande fidelidade a desgraça em que o País se debate: trabalho precário (ou melhor: ‘vínculos de trabalho precários’); escola de insucesso, inclusiva (ou melhor: de sucesso exclusivo); salários de miséria (‘a geração dos 500’ como alguém dizia na Assembleia); mais alargado o fosso entre os milhões de pobres (cada vez mais pobres) e os milhares de ricos (cada vez mais ricos); na cauda da Europa (na cauda da Europa?!). Nem o próprio Presidente da República, no seu discurso, foi capaz de evitar de olhar para a ‘paisagem’ do País ao dizer o que disse. Sua Excelência reconhece que o panorama não é famoso, muito pelo contrário. Mas então, o que fazer deste País? O que fazer neste País?
Depois do ‘pântano’ em que Guterres o abandonou (não esqueçamos!), o pantanal, bem visível e audível em que nos encontramos atascados. E sem galochas…
E então, o que terá tudo isto a ver com a semântica? É que as palavras (os signos) mudam de significado, muitas vezes, ao sabor da subjectividade (interessada ou inconsciente) dos falantes. Uma palavra (um signo) que quer dizer ‘sim’, num ápice já quer dizer ‘não’; a palavra ‘mais’ depressa já significa ‘mais ou menos’, e até ‘menos’, e até ‘nada’…
“34 anos depois, há a sensação de que quase tudo está por fazer… bem” (Destacado da crónica “Reinventar Abril”, de Perez Metelo, in “DN Bolsa”, 25/Abril/ 2008).

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: