Outra pérola: António Ferreira

[…]

Floreça, fale, cante, ouça-se, e viva

A Portuguesa língua, e já onde for

Senhora vá de si soberba, e altiva.

Se téqui esteve baixa, e sem louvor,

Culpa é dos que a mal exercitaram:

Esquecimento nosso , e desamor.

Mas tu farás, que os que a mal julgaram,

E inda as estranhas línguas mais desejam,

Confessem cedo ant’ ela quanto erraram.

E os que despois de nós vierem, vejam

Quanto se trabalhou por seu proveito,

Porque eles para os outros assi sejam.

Se me enganei, se tive mau respeito,

Andrade, tu o julga: mas espero

De te ser este meu desejo aceito.

E enquanto mais não peço, isto só quero.

ANTÓNIO FERREIRA

(Assim termina a Carta III, LIVRO I – A Pêro de Andrade Caminha – )

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: