Com a eminente vénia…

Com respeito à tal gafe de Sua Eminência,  Vasco Pulido Valente,veio esclarecer tudo, no Jornal Nacional da TVI de Sexta-feira 16/01/2008.  E, com base no que ele explicou, bastaria, para não ser gafe, que o senhor cardeal, em vez de  “católicas e muçulmanos” tivesse dito “pessoas com religião diferente”: católico e judeu; judeu e muçulmano, católico e protestante, hindu e católico, etc., etc., etc. Assim é que me parece que estaria correcto. E ninguém teria de se sentir ofendido.

Em boa verdade, duas pessoas com religião diferente, convictas (não do género “sou católico mas não praticante”), não têm absolutamente condições de união em comunhão, pressuposta numa união matrimonial.

Advertisements

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: