A ressaca ortográfica (não digam, depois, que o Vasco não avisou!)

É do Acordo que se trata, pois! Transcrevo só três passos do seu último artigo sobre o assunto (do Vasco Graça Moura, bem apoiado, sempre, a um grande linguista – António Emiliano) :

“Ninguém sabe quais as propostas concretas que terão sido elaboradas para se fazer a transição do acrtual sistema ortográfico para o próximo. Não há, que se saiba, qualquer estudo por serviços competentes do Ministério da Educação. Não há também qualquer estudo sobre as consequências práticas da aplicação do Acordo no que diz respeito ao ensino de português e das outras disciplinas” […]
Como escreve António Emiliano, ‘haverá apenas uma norma multiforme’, que terá a particularidade de, para além de não ter instrumentos normativos conexos, permitir que se escreva um sem-número de palavras de maneiras distintas sem regra.” […]

E, para terminar:

“Com a TLEBS  e com o português de uns oficiais recentes de uma dama que é directora regional de educação do Norte, o Carnaval já tinha chegado à língua portuguesa. Mas é verdadeiramente deprimente a ressaca ortográfica que se vislumbra nesta Quarta-Feira de Cinzas.” (Cf. DN 25/FEV/2009, p. 8).

Uma resposta

  1. […] A ressaca ortográfica (não digam, depois, que o Vasco não avisou!) […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: