Fé merece respeito, fanatismo e beatice não!

A propósito do agora São Nuno, vou aqui contar um caso que merece ser contado. Que é preciso que se conte. Mas antes, quero apresentar uma série de palavras que, assim dispostas, os estilistas classificam de gradação (neste caso, descendente): fé, crença, crendice, fanatismo, beatice. Para os respectivos conceitos, socorro-me do Dicionário Complementar da Língua Portuguesa, de Augusto Moreno:

(L. fide), f. Crença religiosa; firmeza na execução de uma promessa; crédito; confiança; virtude teologal” [Realçado meu].
Crença (L. credentia), f.. Fé; convicção; crédito diplomático.”
Crendice Crença absurda ou ridícula; crendeirice.”
Fanatismo,  m. Excessivo zelo religioso; facciosismo partidário; adesão cega a uma doutrina; dedicação excessiva; paixão.”.
Beatice, f. Devoção afectada; hipocrisia religiosa.”

E agora, sim, vem o caso. Alguém muito religioso, muito dentro das práticas católicas, fez-me um dia destes esta pergunta: “Já ouviu falar da ligação de S. Nuno a Fátima?” Respondi: “Não, não sei. Nem estou bem a ver que ligação com Fátima poderá ter esse santo que viveu quase seis séculos antes de Fátima!…”
“Então ouça. Dizem que quando Nuno Álvares calhava de passar em Fátima com o seu exército, os cavalos ajoelhavam todos”.
Vejam então agora, deparantes de acaso ou adrede visitantes, até onde pode chegar a crendice, o fanatismo!… E é assim que se fazem as lendas e até os milagres!…

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: