A mais perfeita metáfora de Portugal

Sim, o Benfica, nestes últimos dias, nas pantalhas e em toda a comunicação social, foi, tem sido, indiscutivelmente, a mais perfeita e visível metáfora de Portugal. Note-se bem: se não fossem os complementos ditos circunstanciais, ou deícticos*, da afirmação (“nestes últimos dias, nas pantalhas e em toda a comunicação social”) , haveria outros que se poderiam incluir no superlativo do título: o FCP, o Sporting, e todos os grandes clubes deste país. Mas, repito, “neste últimos dias, nas pantalhas e em toda a comunicação social”, a mais perfeita e visível metáfora de Portugal foi, tem sido, o Benfica. E porquê? Nem precisa de explicação. Basta ter em vista o Portugal que serviu de espectáculo no último debate no Parlamento e o espectáculo que nos foi oferecido pelo Benfica, na eleição presidencial. Que diferença é que há? É bem de ver: a única diferença que vai da realidade política do País e seu Estado à realidade do Benfica que aqui nos serve de metáfora e que, infelizmente para nós e para os benfiquistas, é mais do que virtual!… Vá lá, que no Benfica, ao menos, não se viram gestos obscenos…

_____________
* Deíctico
adj., s. m. LINGUÍSTICA: elemento linguístico que não tem sentido por si só, pelo que a sua função é fazer referência, num enunciado,  à situação, ao momento ou aos interlocutores  (Do gr. deíktikos) (Dos dicionários)

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: