A mais perfeita metáfora de Portugal

Sim, o Benfica, nestes últimos dias, nas pantalhas e em toda a comunicação social, foi, tem sido, indiscutivelmente, a mais perfeita e visível metáfora de Portugal. Note-se bem: se não fossem os complementos ditos circunstanciais, ou deícticos*, da afirmação (“nestes últimos dias, nas pantalhas e em toda a comunicação social”) , haveria outros que se poderiam incluir no superlativo do título: o FCP, o Sporting, e todos os grandes clubes deste país. Mas, repito, “neste últimos dias, nas pantalhas e em toda a comunicação social”, a mais perfeita e visível metáfora de Portugal foi, tem sido, o Benfica. E porquê? Nem precisa de explicação. Basta ter em vista o Portugal que serviu de espectáculo no último debate no Parlamento e o espectáculo que nos foi oferecido pelo Benfica, na eleição presidencial. Que diferença é que há? É bem de ver: a única diferença que vai da realidade política do País e seu Estado à realidade do Benfica que aqui nos serve de metáfora e que, infelizmente para nós e para os benfiquistas, é mais do que virtual!… Vá lá, que no Benfica, ao menos, não se viram gestos obscenos…

_____________
* Deíctico
adj., s. m. LINGUÍSTICA: elemento linguístico que não tem sentido por si só, pelo que a sua função é fazer referência, num enunciado,  à situação, ao momento ou aos interlocutores  (Do gr. deíktikos) (Dos dicionários)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s