Mais parónimos: alcance / encalço

Dois vocábulos formados por derivação regressiva. Estive para os classificar de “quase-parónimos”, devido à distância que os separa, mesmo gráfica. Parónimos, mais ou menos distantes, mais ou menos próximos, escritos erradamente ou outro tipo de erros ou gralhas, não os procuro expressamente: aparecem-me, debaixo dos olhos ou ao ouvido, na leitura do jornal, da revista ou  na pantalha do televisor Querem ver?

Parónimos: “A política antiterrorista está no encalce (sic, destacado meu) da organização Cellule 34 […]” (DN 26/7/2009, p.33). Este erro – encalce por encalço – não é assim tão raro, e talvez não seja assim tão grave, mas é erro. Talvez por confusão com alcance, nome formado por derivação regressiva a partir de alcançar. Como passe, de passar; e o próprio encalço de encalçar. Poderão perguntar: porque é que alcançar deu alcance e encalçar (do lat. incalceare = pisar os calcanhares de)  deu encalço? Coisas do processo linguístico, às vezes aparentemente um tanto absurdo, talvez influenciado pelos eruditos para evitar a confusão…

Outro tipo de erros: “Só 22% dos bébes (sic, destacado nosso) de 2 anos estão em creche” (DN 26/7/2009, p. 1). A palavra destacada está errada, porque , sendo aguda, o acento, grafado neste caso, recai na sílaba tónica que é a última: bebé, bebés.

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: