“O acordo ortográfico é uma merda”

” ‘O acordo ortográfico é uma merda’ diz Millôr”
(DN 23/Ago/2009, chamada de primeira página para p. 52 – entrevista).

Pois. A definição do acordo (contra) que eu tenho tentado fazer com milhares de palavras, aqui no blogue e no livro homólogo, consegue Millôr fazê-la na perfeição com três palavras apenas, um verbo, um artigo indefinido e um nome substantivo (que a minha mãe dizia que era feio, que era pecado a confessar) : “…é uma merda”. Sim, posso realçá-la (a definição). Nem sou eu que o digo: é o ilustre falante lusófono brasileiro Millôr Fernandes. Leiam! A chamada (p. 1) e a entrevista (p.52) que enche de claridade tal correcta afirmação. Mas basta a chamada para que nela se mirem todos quantos, fazedores e detentores do poder sobre essa coisa a que chamaram acordo ortográfico e a que Millôr, com sua autoridade de lusófono falante excelente, chamou a tal coisa. Ah sim, agora também já um pobre e recatado falante lusófono como eu pode dizê-lo sem medo de que seja feio ou pecado: “0 acordo ortográfico é uma merda”.

PLUG-IN SUITE 4

2 Respostas

  1. […] A clareza da língua portuguesa Arquivado em: acordo ortográfico — O. Braga @ 3:43 pm Tags: acordo ortográfico Millôr Fernandes resume a clareza da língua portuguesa: “O acordo ortográfico é uma merda”. […]

    • Acordado. Não faz sentido seguir a pronúncia, em vez de manter a grafia pré-acordo adequado da língua de português.

      Sou não Português de nascido, mas compreendo a problema com ortografia nova, que podem se confusando.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: