“Realizou-se eleições”?!

“Realizou-se [sic] recentemente eleições na província sérvia do Kosovo.”

Assim começa a ‘Cronica Internacional’ no Avante! de 26 /11/ 2009, p. 3.

Se a gente, sintacticamente, perguntar o que é que se realizou, teremos de responder que foram ‘eleições’. Por outras palavras. Se quisermos saber qual é o sujeito sintáctico de ‘realizou’, teremos de procurar, na frase, uma palavra capaz de ser sujeito. O ‘se’ não é capaz, na opinião dos melhores linguistas e gramáticos da nossa confiança, a saber, autores das melhores compêndios de gramática que, de há muitas décadas, nos têm sustentado o ensino da língua. Se o ‘se’ não é capaz (ainda que uma ou outra linguista nos diga que sim “porque sim”, porque elas o dizem…), então, na frase, que tem uma só oração,  só poderá ser sujeito ‘eleições’ e, como é sintacticamente lógico, o verbo tem de, em concordância, ir para o plural:

Realizaram-se recentemente eleições na província sérvia do Kosovo”. (Negrito nosso)

Trata-se, mais uma vez, da partícula apassivante. Se o deparante de acaso ou adrede visitante tiver pachorra, pode consultar rubricas e/ou postagens sobre o tema – partícula apassivante – no livro e/ou neste blogue.

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: