Testamento vital – Eutanásia (= boa morte)

Não terá sido por acaso que a lei do Testamento Vital tem a data de 15 de Agosto. E ainda bem, não é mau sinal: sinal de que os responsáveis pela data quererão que os cidadãos possam relacionar os conceitos que se desprendem das palavras do título.

Ontem – 15 de Agosto – feriado, dia santo dedicado à Assunção da Virgem ou, como diz o povo, dia da Senhora da Boa Morte.

Boa Morte que em grego se diz, simplesmente, eutanásia, palavra que começa com o prefixo eu que significa ‘bom, doce’, e tanásia que tem a ver com thanatos (= morte). Eutanásia significa, pois, ‘boa morte’, ‘morte doce’.

[Assunção (acção de assumir, de puxar a si). Quantas Marias de Assunção existem por esse mundo de Cristo! Na terminologia teológico-litúrgica, distingue-se de Ascenção, por uma razão de poder. É que, na Assunção, a assumida ou assumpta (assumpta est Maria in coelum) não é o sujeito da acção: a Virgem foi assumida ou assumpta (por Deus). Para o Céu. Na Ascenção, o objecto – Cristo – é objecto e sujeito: ele sobe pelo seu próprio poder. (O que fica dito é o que se deduz de qualquer compêndio de Teologia Dogmática)].

(Sobre a eutanásia ler, a propósito, a minha postagem ‘Senhora da boa morte – Senhora da eutanásia’).

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: