O papa Francisco

Umas postagens atrás neste blogue, aparece uma com o título ‘O BOM PAPA FRANCISCO (?)’, assim, com interrogação entre parênteses e tudo. Pode-se então perguntar porque  se decidiu repetir hoje aqui o tema, a cujo título se tirou o adjectivo e o parêntese interrogativo? O culpado foi o DN de 21/Junho/13.Logo na primeira página, na primeira chamada , vê-se o rosto do Pontífice, com aquele ar sorridente que lhe é quase… natural, seguido da legenda: “Cem dias de pontificado: novo estilo mas nada de reformas (Globo, p.26)”. Folheia-se então até à página 26, e lá vem: as 5 imagens numeradas e a notícia sob o grande titulo: “Papa Francisco – cem dias a dar um novo sorriso à Igreja Católica. E é curioso notar que as cinco imagens evidenciam bem o novo sorriso, mas não o novo estilo, pois o estilo do papa Francisco é sempre, quase imutável, o sorriso de simplicidade encenada desde que o fumo saiu branco e ele apareceu à multidão: “Vostra benedizione, bona sera e bono pranzo!…”. E daí não tem passado: apresentação em simplicidade elaborada e bem encenada e mais nada: nada de reformas; ou, para ser rigorosa a citação do jornal, “de reformas nada”…

Não é por acaso que esta postagem sai com o título simplificado: sem o adjectivo ‘bom’ e o parêntese interrogativo, significa que o benefício da dúvida, expresso no título da outra postagem, nesta desapareceu, não há mais benefício da dúvida… E razão tínhamos, na outra, quando se diz lá que estávamos à espera que aparecesse um Bom Papa JOÃO XXIV!… Francisco, também não estaria mal, mas o que faltará, a este Francisco com esta simplicidade encenada, seria apresentar-se na Praça de S. Pedro, desnudado, atirando as suas roupas para o Padre Eterno, como fez o seu Patrono Poverello para o pai dele!… Sim, porque, voltando às 5 imagens, desde o Papa Francisco com aquele sorriso ensaiado e a mão levantada em bênção, passando pelo beijinho à criancinha tipo Portas, até, finalmente, à prostração com a cabeça em fofa almofada… Novo estilo (?), não sei… mas “de reformas…  nada”!…

Reformas… Nem que fosse prescindir das vestes purpúreas e douradas e pôr de lado os báculos e as tiaras imperiais,  que se calhar vêm dos sacerdotes de Mitra, pelo Edicto de Milão de Constantino… Além de outras, decerto mais graves e urgentes…

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: