Contracapa (um livro da minha estante): “Breve História da Europa” de John Hirst

1.CONTRACAPA.
Em Breve História da Europa, o conceituado historiador John Hirst presenteia-nos com uma fascinante explicação das qualidades que tornaram a Europa única. Mostra-nos que a civilização europeia nasceu de uma improvável mistura de ensinamentos clássicos, cristianismo e cultura dos guerreiros germânicos. Ao longo dos séculos, esta receita instável produziu personagens características – cavaleiros e papas, românticos cultores das tradições populares e revolucionários imitadores de Roma – e a sua decomposição proporcionou a dinâmica da história europeia dos tempos modernos.

Enquanto isso, o povo comum trabalhava a terra, até se tornar o primeiro a beneficiar da prosperidade de uma sociedade urbana industrializada.

BREVE HISTÓRIA DA EUROPA é o relato claro, espirituoso e provocador de uma civilização admirável.

“Um pequeno livro sábio e luminoso.” Sydney Morning Herald

2. (DA) BADANA.
“A civilização europeia é ímpar por ser a única que se impôs ao rosto do mundo. Fê-lo mediante conquista e colonização; mediante o seu poder económico; mediante o poder das suas ideias; e porque tinha coisas que todos os outros queriam. Hoje, todos os países à face da Terra usam as descobertas científicas e as tecnologias por elas geradas, mas a ciência foi uma invenção europeia.”

3.O LIVRO.
“Concebido com graça e economia e no entanto rico em factos, emoção e pormenor, abrangente, provocador e divertido”.. James Button

Prosa fresca, lúcida e evocativa… O equilíbrio de análise e descrição, generalização e abordagem específica é maravilhosamente sustentado.” Wilfred Priest. Australian Book Review

“Fantástico, o livro no seu todo é um desafio intelectual permanente”

4. O AUTOR. JOHN HIRST.
É professor emérito no departamento de História da Universidade La Trobe, em Melbourne, Austrália. Escreveu várias obras de referência, nomeadamente Looking for Australia e Breve História da Europa.

5. MINHA MORAL DA HISTÓRIA.
5.1. Meu comentário acerca do livro. Para quem está a terminar o secundário, ou mesmo antes de o terminar e para universitários ou curiosos amantes da História, trata-se aqui de um pequeno/grande livro imperdível. Logo na capa, a reprodução de uma das muitas pinturas dos mais célebres pintores, que representa o Rapto da Europa, princesa fenícia, que se deixou seduzir por Zeus, disfarçado de touro (vejam como os deuses também são malandros!). Em Creta, onde fundaram a civilização minóica, donde nasceu o mitológico Minotauro. E então seria caso para nos pormos a questão de saber se os fundamentos da Europa são cristãos ou serão, antes disso, bárbaros minóicos, minotauros descendentes de Zeus?!…E esta estrampalhada Europa em que estamos metidos não será antes uma minotáurica Europa, em que imperam esses minotaurozinhos que nos querem comer e desgraçar?!…

(Nota: Esta é a minha colaboração para o último RODILHA. A pedido do director David, aqui vai, pois, a minha última colaboração para a importante criação da Cidália, que o David se prestou a continuar. E continuou muito bem!. Mas, pois claro, continuar indefinidamente, não ia ser conciliável com o seu curso; com as suas outras ocupações e preocupações. Mas quero dizer aqui que li sempre os seus editoriais. E estou certo de que é uma experiência que lhe vai valer muito na vida!)

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: